Nesse Natal, faça um pudim de Hoje

Na véspera do Natal em casa é sempre a mesma coisa: o que vamos fazer pra ceia? E acaba que sempre fazemos as mesmas coisas. As mesmas comidas ditas “de Natal” têm até as travessas e formas próprias. Eu me lembro de quando, com a ponta de uma faca, escrevi em uma forma de alumínio o nome da sobremesa que fazia porque sempre ficávamos em dúvida qual a forma que usávamos para ela “caber”certinho…

Chegando mais uma véspera de Natal fiquei pensando nisso e então eu me perguntei: porque pensar em comidas especiais no Natal se todas as comidas que faço em todos os outros dias do ano são também especiais?

Há quem pense que o Natal requer mesa farta, comida cara, pratos e talheres chiques (além de roupas novas, presentes e mais presentes, o que não vem ao caso agora, já que estamos falando de comida). Mas na verdade o Natal precisa ser encarado como um dia normal, apesar de especial, como deveriam ser todos os dias de nossa vida.

Há quem deva estar pensando que não estou dando importância a essa data, então vou explicar melhor dizendo que apesar de um dia normal, o Natal não é um dia comum (em nosso calendário), ele é um dia único no ano e por isso deve ser celebrado, compreendido e vivido plenamente.

Essa celebração, no entanto, não requer coisas novas, mas o melhor do velho que tenho e que sou! Requer a comida de hoje um pouco melhor que a de ontem.

Há quantos anos você faz o velho pudim de Natal e há quantos anos ele tem sido igual? E há quantos anos fazer um pudim “no Natal” não mudou em nada sua vida e a dos seus?

Então nesse Natal ao invés de um pudim de Natal, faça um pudim de Hoje, para que seu hoje seja especial e celebrado como cada Natal.

E assim, passe a agradecer o seu alimento (especial) a cada dia, esse que se tornará as suas próprias substâncias. E acima de tudo, alimente-se de Jesus, Esse que é o verdadeiro alimento.

São os mais sinceros votos de um Feliz Natal pra você e toda a sua família.

Nutricionista Bruna Menegassi

Você pode gostar também ...

4 Responses

  1. Putz disse:

    Lindo texto! Que a luz permaneça todos os dias! Feliz 2017! Beijos

  2. Nubia disse:

    Disse tudo…Natal é tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca. É sempre tempo de contemplar aquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que é e faz, e nunca por aquilo que possui. O Natal é sim um dia festivo e nossos olhares devem estar estar voltados para uma festa maior, a festa do nascimento de Cristo dentro de nossos corações. Também é tempo de refazer planos, reconsiderar os equívocos e retomar o caminho para uma vida cada vez mais feliz. Devemos sim fazer um pudim especial a cada dia e não somente o bom e velho pudim de natal…Lindo texto Bru…parabéns!!!
    Um feliz 2017 repleto de muito sucesso para vc!
    Bjooo

  3. Rita de Cassia Bertolo Martins disse:

    Linda mensagem Bruna!!! Que seu Natal tenha sido assim, com o mais importante alimento.
    Que 2017 seja abençoado para você e seus familiares.
    Beijos

  4. Juliana disse:

    Um texto inspirador só poderia ter sido escrito por uma pessoa inspirada como vc!!!

    Deixo com certo atraso meu abraço fraterno e o desejo de um ano abençoado, com muitas conquistas e de belos textos como este.

    bjoss

Deixe uma resposta para Putz Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Get Widget